Goianésia é a quarta colocada entre as 10 cidades que mais geram empregos no Estado de Goiás

goianesiagoianesia

O Ministério da Economia por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) realizou uma pesquisa que elegeu as 10 cidades do Estado de Goiás responsáveis por mais gerar emprego. O estudo apontou Goianésia em quarto lugar, responsável por criar novos 615 postos de emprego somente no mês de Maio. O município ficou atrás somente de Itumbiara, em terceiro lugar, Aparecida de Goiânia, em segundo lugar, e Goiânia em primeiro lugar.

Ao todo, foram 11.895 carteiras de trabalho assinadas em Maio deste ano, colocando Goiás em primeiro lugar na geração de empregos na região centrooeste, e em sexto lugar nacional. O indicador levou em conta o empenho dos municípios no incentivo a economia que passa por retomada de crescimento pós pandemia. Os resultados foram comemorados pela Secretaria de Estado de Industria e Comércio, pela cooperação das cidades pela empregabilidade alcançada.

O secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Carlos Filho, comemorou o resultado da pesquisa e salientou a importância de haver apoio aos empresários como mecanismo de impulsionamento da economia e geração de emprego: “Continuamos somando resultados positivos e, principalmente, que vão de encontro aos pequenos e grandes empresários, deixando claro o interesse da prefeitura em fazer Goianésia se desenvolver cada vez mais, se tornando uma das cidades que mais cresce em todo estado, e esse impulsionamento econômico reflete em mais geração de emprego e renda para os goianesienses”, explicou.

Seguindo em mão dupla, o secretário de Trabalho, Marcos Pernambuco, reforçou o empenho na capacitação profissional do goianesiense: “Goianésia está crescendo, e isso enseja a necessidade de capacitarmos o cidadão para que ele possa ocupar uma vaga no mercado de trabalho, por isso, a prefeitura continua investindo em cursos de capacitação profissional. Dali, saem profissionais aptos, tanto para o mercado de trabalho, quanto para o empreendedorismo, de modo que a cidade cresce com o goianesiense”, disse.

De acordo com a pesquisa, os municípios que mais geraram empregos em Maio foram; Mineiros, ocupando a décima posição, gerando 183 empregos, Catalão, em nona colocação, gerando 383 empregos, Rio Verde, em oitavo lugar, sendo responsável por gerar 400 empregos, Anicuns, em sétimo lugar, com o saldo de 422 empregos gerados, Vila Boa, em sexto lugar, com 542 empregos gerados, e Anápolis em quinta posição, gerando 555 empregos. Goianésia, ocupou a quarta posição na classificação, sendo responsável por gerar 615 empregos, ficando atrás, somente, de Itumbiara, com 665 empregos gerados, Aparecida de Goiânia, com 915 empregos gerados e Goiânia com 3.747 carteiras de trabalho assinadas. O prefeito Leonardo Menezes, parabenizou a gestão, e destacou os trabalhos das secretarias de Indústria, Comércio e Turismo e Trabalho, pelo empenho e afinco na retomada da economia, tão afetada pela pandemia. O sucessor de Renato de Castro lembrou o trabalho de continuidade e afirmou: “Essa é uma gestão de 4 anos e 7 meses, e o que isso quer dizer, que o trabalho vai continuar e nós faremos Goianésia melhorar cada vez mais, tanto, que uma das nossas promessas de campanha foi a geração de emprego, e o dever de casa tem sido feito com muita empenho, permitindo que o goianesiense tenha emprego e que a nossa economia cresça a cada dia, gerando mais oportunidade para todos”, afirmou.

Fonte: Ascom Goianésia

0
0
0
s2sdefault

Após fala de Bolsonaro, Barroso diz que atuar para impedir eleições é crime de responsabilidade

Presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso.Presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a ameaçar a realização das eleições em 2022. Em conversa com apoiadores nesta sexta-feira (9), ele acusou, sem provas, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de participar de fraudes. Bolsonaro criticou nominalmente o presidente do TSE, o ministro Luís Roberto Barroso.

"A fraude está no TSE, para não ter dúvida. Isso foi feito em 2014", disse o presidente. "Não tenho medo de eleições. Entrego a faixa para quem ganhar no voto auditável e confiável. Dessa forma, corremos o risco de não termos eleições no ano que vem."

Em resposta ao presidente, o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, afirmou que "eu não paro para bater boca" e garantiu o pleito de 2022. "Cumpro o meu papel pelo bem do Brasil. Mas eleição vai haver, eu garanto", afirmou, em mensagem enviada ao jornalista Josias de Souza, do portal UOL, e posteriormente confirmada pela CNN.

Mais cedo, Bolsonaro atacou o ministro Luís Roberto Barroso. Segundo o presidente da República, Barroso usa de "história esfarrapada" para dizer que o voto impresso fere o sigilo das eleições.

"É uma resposta de um imbecil. Lamento falar isso para uma autoridade do Supremo Tribunal Federal. Só um idiota para fazer isso. O que está em jogo é o nosso futuro e a nossa vida, não pode um homem querer decidir o futuro do Brasil na fraude", afirmou Bolsonaro.

O presidente voltou ao assunto na parte da tarde, em um evento na cidade de Caxias do Sul (RS), em tom mais ameno. Desta vez, Bolsonaro falou apenas em querer "eleições limpas", com a aprovação do voto impresso. "O que eu mais quero são eleições limpas, para que nós possamos, sim, garantir a vontade popular", disse o presidente durante evento de inauguração da primeira Feira Brasileira do Grafeno.

Em nota, Luís Roberto Barroso, afirmou que "qualquer atuação no sentido de impedir a ocorrência de eleições viola princípios constitucionais e configura crime de responsabilidade". A nota diz ainda que foi solicitado a Jair Bolsonaro que apresentasse provas, mas até o presente momento não houve resposta.

0
0
0
s2sdefault

Reunião de veículos e profissionais de comunicação aprova fundação da Associação de Imprensa de Goianésia

Momento histórico para imprensa goianesiense.Momento histórico para imprensa goianesiense.

A criação e fundação de uma associação dos veículos e profissionais de imprensa de Goianésia foi assunto deliberado em reunião realizada na manhã desta segunda-feira, 12.

A reunião, realizada durante café da manhã na Casa Irani Salgados e Quitandas, contou com a presença de representantes de vários veículos de comunicação: Paulo André (São Carlos FM), Antonio Luís (Itajá FM), Lucas Cássio (RVC FM), Cleber Biloca (Boa Nova FM), Dener Rafael (Meganesia), Orivaldo José (Portal Goianésia Agora), Alison Alcântara (Portal Goiás Total), Orcedino Wenceslau e Orcedino Júnior (Opinião TV), Jamil Hosni (Voz do Povo) e Marcelo Negrão (Revista Três Poderes).

Ao final do encontro ficou  aprovada a criação da Associação Goianesiense de Imprensa (AGOI), que terá o papel de atuação na defesa e fomento dos veículos de comunicação legalmente constituídos em Goianésia.

Orcedino Wenceslau, fundador do Jornal Opinião de Goianésia, considerou um marco na sociedade goianesiense, elogiando a criação da associação que representará os veículos e profissionais de imprensa da cidade.

Ao final do encontro foi feita a eleição da primeira diretoria da associação, sendo que o radialista Orivaldo José foi eleito por aclamação como presidente e o vice presidente será Orcedino Júnior.  Os demais cargos serão ocupados em futura reunião.

Orcedino Wenceslau, fundador do Jornal Opinião, foi eleito por aclamação presidente do Conselho Deliberativo da Associação goianesiense de imprensa (AGOI).

0
0
0
s2sdefault

Revitalizada, Praça Dimas Carrilho ficará no formato da bandeira de Goianésia

..

A Praça Dimas Carrilho, conhecida como Praça do Carrilho, ou Praça da Rodoviária, ficará irreconhecível. De acordo com a prefeitura de Goianésia, o espaço será completamente revitalizado, e ganhará o formato da bandeira da cidade.

A prefeitura informou ainda que a arborização será típica do cerrado e os taxistas passarão a contar com um novo ambiente, tudo monitorado por câmeras, tudo para oferecer ainda mais segurança ao cidadão.

praça carrilho opinião tv OK 1praça carrilho opinião tv OK 1

0
0
0
s2sdefault

Goiás tem 695 mil casos de Covid-19 confirmados

com 169 registros em 24h goias bate recorde de mortes diarias por covid 19com 169 registros em 24h goias bate recorde de mortes diarias por covid 19

A Secretaria de Saúde de Goiás (SES-GO) informou, nesta sexta-feira (9), que há 695.015 casos confirmados de Covid-19 no estado. Segundo a pasta, foram 2.849 novos casos de ontem para hoje. A quantidade de óbitos já passa de 19,6 mil.

Conforme a SES-GO, dos mais de 695 mil casos, 663 mil estão recuperados. Porém, há 506.533 casos suspeitos em investigação. Outros 293.092 casos já foram descartados.

Há ainda 19.657 óbitos confirmados de Covid-19 em Goiás até o momento.

Quanto à vacinação, foram aplicadas 2.494.674 vacinas contra a Covid-19 na primeira dose em todo o estado 801.775 vacinas na segunda dose. Esses dados são preliminares e coletados no site Localiza SUS do Ministério da Saúde.

0
0
0
s2sdefault

Goianésia registra primeiro caso de “doença da urina preta”, causada pela ingestão de peixes

..

As unidades de saúde de Goianésia, tanto as públicas, quanto as particulares, estão em alerta total com a possibilidade de casos da “Doença de Haff” na cidade. 

A doença de Haff é uma doença rara que acontece de forma repentina e que é caracterizada pela ruptura das células musculares, o que leva ao aparecimento de alguns sinais e sintomas como dor e rigidez muscular, dormência, falta de ar e urina preta, semelhante a café.

As causas da doença de Haff ainda são discutidas, no entanto acredita-se que o desenvolvimento da doença de Haff seja devido a alguma toxina biológica presente em peixes de água doce e crustáceos.

É importante que essa doença seja identificada e tratada rapidamente, isso porque a doença pode evoluir rapidamente e trazer complicações para a pessoa, como insuficiência renal e falência múltipla de órgãos. 

O sinal de alerta em Goianésia foi ligado após uma jovem de pouco mais de 20 anos apresentar sintomas da doença pouco tempo após ingerir peixe cru, a cerca de duas semanas.

O quadro infeccioso da paciente progrediu rapidamente fazendo com que fosse necessário interná-la em uma UTI, em Goiânia. Hoje, o quadro de saúde dela é mais animador, porém, ainda inspira cuidados e continua com o tratamento na UTI.

A Secretaria de Saúde de Goianésia foi notificada pelo hospital de Goiânia e desde a confirmação emitiu um “Alerta Epidemiológico” nas unidades de saúde da cidade, assim, toda e qualquer pessoa que apresentar queixas relacionadas a doença após a ingestão de peixe, o caso deverá ser informado à Vigilância Epidemiológica pelo profissional de saúde, tudo para tentar evitar um surto.

0
0
0
s2sdefault

css custom

© 2021 Jornal Opinião - Todos os direitos reservados