Goiás recebe mais 386.460 vacinas contra covid nesta semana

vacinasvacinas
Goiânia - O governador Ronaldo Caiado (DEM) anunciou pelo Twitter, nesta segunda-feira (26/7), a chegada de mais 386.460 vacinas contra a covid-19 a Goiás. 
 
Segundo cronograma divulgado por Caiado, a primeira remessa desembarca na terça-feira (27). São 34,6 mil doses da AstraZeneca e 120,2 mil da CoronaVac. 
 
Já na quarta-feira (28), o Estado recebe 159.120 unidades da AstraZeneca e outras 72.540 da Pfizer. 
0
0
0
s2sdefault

Goianesiense internada com ‘doença da urina preta’ recebe alta hospitalar em Goiânia

Kelly Silva passou 30 dias internadas após ingerir comida japonesa em Goianésia (Foto: divulgação/assessoria)Kelly Silva passou 30 dias internadas após ingerir comida japonesa em Goianésia (Foto: divulgação/assessoria)

A goianesiense Kelly Silva, de 27 anos, que estava internada em tratamento da Síndrome de Haff, mais conhecida como “doença da urina preta”, recebeu alta nesta segunda-feira (26) do hospital particular que estava internada em Goiânia. Ela ficou hospitalizada por 30 dias, 24 deles na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A jovem passou ainda 10 dias intubada devido à gravidade da doença. Ela foi contaminada após ingerir comida japonesa em um restaurante especializado em comida oriental de Goianésia.

De acordo com o diretor médico do Hospital Jardim América, Patrick Ponciano Lima de Almeida, o caso dela era muito grave, tanto é que chegou no hospital e foi direto para a UTI. “Após a chegada dela no hospital, conseguimos fechar o diagnóstico de forma rápida e iniciamos o tratamento. Nos primeiros dias não tivemos evolução satisfatória e ela chegou a ser intubada. Mas após a extubação, ela passou a apresentar melhora clínica dia após dia e hoje conseguimos com muita segurança, conceder a alta médica”, explica.

Durante a internação, ela precisou passar por sessões de hemodiálise e recebeu atendimento multidisciplinar com equipes de nefrologia, clínica médica, psicologia e fisioterapia. “Hoje é um dia muito feliz para todos nós que acompanhamos a internação da Kelly desde o início. A sensação da equipe é de vitória e gratidão”, destaca Patrick. De acordo com o profissional, mesmo após a alta médica, a paciente vai continuar o tratamento com a equipe de nefrologia, psicologia e fisioterapia.

0
0
0
s2sdefault

Secretário estadual de Saúde testa positivo para covid-19

Ismael Alexandrino, secretário estadual de saúde (Foto Reprodução)Ismael Alexandrino, secretário estadual de saúde (Foto Reprodução)

Goiânia - O secretário de Estado da Saúde, Ismael Alexandrino, descobriu na tarde desta segunda-feira (26/7) que está com covid-19. O titular da SES-GO disse há pouco ao jornal A Redação por telefone que acordou com um pouco de congestão nasal e que, na hora do almoço, não conseguiu sentir o cheiro de nada. 

Alexandrino foi submetido ao teste RT-PCR na tarde de hoje, que deu resultado positivo. Confirmada a doença, o secretário disse que se isolou em casa, de onde segue a agenda à frente da pasta de forma remota. "Só estou com uma congestão nasal e perda completa do olfato. Graças à Deus", detalhou os sintomas o titular da SES-GO.

De acordo com o secretário, os primeiros sintomas surgiram na manhã de hoje, quando notou que o nariz estava "um pouco entupido". "Acaba dando uma tossezinha porque a congestão nasal acaba prejudicando um pouco", disse Alexandrino após tossir ao telefone enquanto falava ao telefone com a reportagem do AR.

O titular da Secretaria de Estado da Saúde afirmou que está em casa, onde ficará isolado para tratar os sintomas da covid-19, tem se hidratado bastante e realizado apenas atividades virtuais. "Tomei a primeira dose da vacina [contra covid] há quase três meses. Tanto que minha segunda dose estava marcada para o dia 3 [de agosto]."

Quem apresenta sintomas gripais, como coriza, tosse ou febre, precisa adiar o recebimento da vacina até que não apresente mais qualquer quadro de gripe ou de covid, orientam as autoridades de saúde.

Fonte: Jornal A Redação

0
0
0
s2sdefault

Governador anuncia progressão salarial para profissionais da educação

(Foto: Wesley Costa)(Foto: Wesley Costa)

O governador Ronaldo Caiado anunciou o pagamento de progressões de carreira para 3.516 servidores da Secretaria da Educação, durante a apresentação do Plano de Retorno das Aulas Híbridas e do Guia de Implementação do Protocolo de Biossegurança e as Medidas Pedagógicas para Retorno às Atividades Presenciais.

São 891 beneficiados com a progressão vertical; 2.285 servidores do magistério e 340 administrativos terão a progressão horizontal. Esses benefícios representam um investimento de R$ 1.023.294,52 por mês, pagos com recursos do Estado.

“Cada professor e professora, que já está na folha do mês de julho, vai receber o valor referente às progressões verticais e horizontais”, informou o governador Caiado. “Como eu prometi, todo centavo economizado pela secretaria eu vou repor 100% na Educação. Hoje, vocês têm a progressão garantida pelo governador em todos os cursos que vocês vierem fazer”, assegurou Caiado. Em contrapartida, pediu aos educadores que se dediquem a cursos de mestrado, doutorado e pós-doutorado.

“Vamos implantar cada vez mais o estímulo para vocês estudarem. Melhorando a qualidade do ensino e a condição do professor, teremos a equação fechada. Locais dignos, alunos tratados com dignidade, segurança e professores estimulados, com vontade de ensinar bem”, arrematou o governador.

Progressão

No caso da progressão vertical, o reajuste varia de 12,75% a 19,78%. Os acréscimos significam um impacto mensal de R$ 637.602,31, na progressão vertical; R$ 298.678,29, na progressão horizontal magistério; e R$ 87.013,92, na progressão horizontal administrativo.

Para servidores com o cargo P-III, letra A, que forem para o P-IV, a diferença na progressão vertical será de R$ 425,76 na remuneração. 

Quitação de dívidas
O governador também informou que o Estado está solucionando milhares de processos de diferenças salariais devidas a servidores e ex-servidores da Seduc, que tramitam desde 1994. O pagamento dessas dívidas, de responsabilidade das gestões passadas, foi definido como prioridade em 2019 e tem sido efetuado, mês a mês, ultrapassando, atualmente, R$ 53 milhões, reclamados em mais de 36 mil processos.

Retorno com segurança
Caiado e Gavioli também apresentaram o Plano de Retorno das Aulas Híbridas e o Guia de Implementação do Protocolo de Biossegurança e Medidas Pedagógicas para Retorno às Atividades Presenciais. “Cumprimento todos que elaboraram o guia extremamente didático. Eu duvido que algum Estado do país tenha feito o que vocês fizeram”, elogiou Caiado. “Acredito que já pode mandar para o ministro da Educação, que ele vai copiar e mandar para o Brasil todo.” Com 41 páginas, o documento é encaminhado para todas as unidades escolares da rede pública estadual e também será disponibilizado no site da Seduc.

O objetivo é orientar professores e gestores sobre a importância das medidas pedagógicas e de monitoramento constante para a retomada das aulas presenciais. O guia também traz informações sobre a organização do espaço escolar e as medidas de prevenção e controle da Covid-19 durante o retorno gradual das aulas. “É imprescindível a comunicação muito afinada entre pais, trabalhadores da educação e Secretaria de Saúde, para que, na ocorrência de qualquer caso, seja notificado imediatamente para tomar as providências”, completou Flúvia.

Investimentos
Por meio da Seduc, o Governo de Goiás já aplicou em recursos para fortalecer o setor educacional R$ 1,37 bilhão de 2019 a 20 de julho de 2021. A folha de pagamento não está inclusa no valor. 

A gestão tem dado atenção especial à reforma de unidades de ensino, uniforme e material escolar gratuitos para alunos da rede estadual, segurança alimentar e inovação. O Programa Reformar investiu, entre 2019 e 2020, R$ 56,8 milhões em pequenos reparos e na manutenção predial das unidades de ensino da rede estadual. Já o Equipar destinou R$ 147,9 milhões às escolas públicas geridas pelo Governo de Goiás. O projeto consiste na destinação de verba para que cada escola adquira, de forma direta e descentralizada, equipamentos como computadores, materiais de laboratório e utensílios de cozinha.

Em setembro de 2020, o Estado anunciou o repasse de R$ 56 milhões para melhorias nas quadras poliesportivas de 173 unidades educacionais. Outros R$ 5,1 milhões ainda serão direcionados para realizar reformas e ampliações em 37 instituições de ensino. Com a pandemia de Covid-19, as unidades de ensino precisaram ser fechadas, mas o Governo de Goiás garante a segurança nutricional dos alunos. Foram investidos, em 2020, R$ 136 milhões no Programa de Alimentação Escolar, divididos em auxílio-alimentação (R$ 54 milhões) e aquisição de kits (R$ 82 milhões).

0
0
0
s2sdefault

Secretário estadual de Saúde testa positivo para covid-19

Ismael Alexandrino, secretário estadual de saúde (Foto Reprodução)Ismael Alexandrino, secretário estadual de saúde (Foto Reprodução)

Goiânia - O secretário de Estado da Saúde, Ismael Alexandrino, descobriu na tarde desta segunda-feira (26/7) que está com covid-19. O titular da SES-GO disse há pouco ao jornal A Redação por telefone que acordou com um pouco de congestão nasal e que, na hora do almoço, não conseguiu sentir o cheiro de nada. 

Alexandrino foi submetido ao teste RT-PCR na tarde de hoje, que deu resultado positivo. Confirmada a doença, o secretário disse que se isolou em casa, de onde segue a agenda à frente da pasta de forma remota. "Só estou com uma congestão nasal e perda completa do olfato. Graças à Deus", detalhou os sintomas o titular da SES-GO.

De acordo com o secretário, os primeiros sintomas surgiram na manhã de hoje, quando notou que o nariz estava "um pouco entupido". "Acaba dando uma tossezinha porque a congestão nasal acaba prejudicando um pouco", disse Alexandrino após tossir ao telefone enquanto falava ao telefone com a reportagem do AR.

O titular da Secretaria de Estado da Saúde afirmou que está em casa, onde ficará isolado para tratar os sintomas da covid-19, tem se hidratado bastante e realizado apenas atividades virtuais. "Tomei a primeira dose da vacina [contra covid] há quase três meses. Tanto que minha segunda dose estava marcada para o dia 3 [de agosto]."

Quem apresenta sintomas gripais, como coriza, tosse ou febre, precisa adiar o recebimento da vacina até que não apresente mais qualquer quadro de gripe ou de covid, orientam as autoridades de saúde.

Fonte: Jornal A Redação

0
0
0
s2sdefault

Goiás é responsável por 70% da produção nacional de girassol

..

Boa resistência hídrica, menor incidência de pragas e doenças e capacidade de suportar temperaturas mais elevadas. Essas características do sistema do cultivo de girassol têm estimulado agricultores goianos a investir, cada vez mais, na produção do grão como alternativa de cultura para a segunda safra, principalmente em sucessão à soja.

Com a atenção maior à cultura, o Estado passou a liderar o ranking nacional de produção de girassol na safra 2020/2021, com estimativa de 42 mil toneladas, crescimento de 27,7% em relação à safra anterior. Esses números integram a edição de julho do Agro em Dados, informativo mensal elaborado pela Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa). 

De acordo com o boletim, Goiás é responsável por 70,1% da produção nacional de girassol, com 20 mil hectares na atual safra, aumento de 2,0% em comparação com a área cultivada na safra 2019/2020 e produtividade média de 2,1 toneladas por hectare, crescimento de 25% em relação à safra anterior. Entre os principais produtores goianos estão Piracanjuba, Vianópolis e Caldas Novas. 

0
0
0
s2sdefault

css custom

© 2021 Jornal Opinião - Todos os direitos reservados