Vacinação contra a Covid-19 em Goianésia prossegue para pessoas com comorbidades contra Covid-19 a partir de 45 anos

..

A imunização contra o coronavírus irá continua nesta quarta-feira, 19, tendo como prioridade as pessoas que possuem algum tipo de comorbidade e tenham entre 45 e 59 anos.

A SMS salienta que para ser vacinado o paciente deverá apresentar documento de identificação com foto, CPF, comprovante e endereço, cartão de vacina, além de apresentar uma cópia e o original do formulário padrão preenchido pelo médico, assinado e carimbado.

0
0
0
s2sdefault

Daniel Vilela muda opinião sobre Caiado na condução da pandemia

Daniel Vilela mudou sua opinião a respeito de Caiado. Daniel Vilela mudou sua opinião a respeito de Caiado.

Em 15 de maio de 2020, logo no começo da pandemia, num vídeo postado nas redes sociais, o presidente do MDB de Goiás, Daniel Vilela, fez duras críticas à postura do governador Ronaldo Caiado (DEM) e a sua condução do Estado no início da pandemia da Covid-19.

O emedebista afirmou na época que Caiado elaborava os decretos “agindo mais politicamente que tecnicamente”. Já este ano, Daniel fez outra gravação elogiando a atuação do governador após o início da 2ª onda. E o discurso do presidente do MDB goiano deu mais um caminho em direção a uma aliança com Caiado.

Na última sexta-feira (14), um ano depois da postagem do vídeo com críticas ao governador, Daniel reconheceu que Caiado foi “prudente” e responsável na condução do início da pandemia em Goiás, durante uma live com o jornalista Pablo Kossa, em seu canal no YouTube.

Daniel Vilela chegou a elogiar o governador, o chamou de decente e enfatizou que não tem problema em reconhecer suas qualidades. “Eu reconheço as qualidades do governador. Sei que é uma pessoa decente e não tenho nenhuma dificuldade em conversar”, afirmou.

Daniel tem se aproximado de Caiado após o falecimento do seu pai, o prefeito eleito de Goiânia, Maguito Vilela. A conversa nos bastidores é que o MDB deve compor a chapa do governador em seu projeto à reeleição em 2022.

Fonte:Mais Goiás

0
0
0
s2sdefault

Alexandre de Moraes quebra sigilo de Salles e afasta presidente do Ibama

..

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), decretou a quebra dos sigilos bancário e fiscal do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e de servidores do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) no âmbito da Operação Akuanduba, aberta pela Polícia Federal na manhã desta quarta, 19.

O ministro ainda determinou o afastamento do presidente do órgão, Eduardo Bim. Ele foi o responsável por assinar despacho, em fevereiro de 2020, liberando a exportação de madeira de origem nativa, sem a necessidade de uma autorização específica.

As medidas fazem parte de uma investigação que mira em supostos crimes contra a administração pública – corrupção, advocacia administrativa, prevaricação e facilitação de contrabando – envolvendo agentes públicos e empresários do ramo madeireiro. 

0
0
0
s2sdefault

Vacinação continua para pessoas com comorbidades em Goianésia

A Secretaria Municipal de Saúde - SMS - de Goianésia continua nesta segunda-feira, 17, a imunização contra o coronavírus. Após o fim da vacinação dos idosos, agora será a vez das pessoas com comorbidades.

Nesta segunda, pessoas que apresentam comorbidades e tenham ente 57 e 59 anos deverão procurar o posto de vacinação montado no feirão do Nova Aurora para receber a primeira dose. Como vinha sendo feito com os idosos, a imunização acontecerá no estilo drive-thru das 08h00 às 17h00.

A SMS salienta que para ser vacinado o paciente deverá apresentar documento de identificação com foto, CPF, comprovante e endereço, cartão de vacina, além de apresentar uma cópia e o original do formulário padrão preenchido pelo médico, assinado e carimbado.

0
0
0
s2sdefault

“Morreu quem tinha que morrer”, diz vereador de Anápolis sobre Covid-19

Vereador Delcimar Fortunato (Avante) | Foto: Câmara Municipal / DivulgaçãoVereador Delcimar Fortunato (Avante) | Foto: Câmara Municipal / Divulgação

vereador Delcimar Fortunato (Avante) usou a tribuna da Câmara Municipal de Anápolis, nesta segunda-feira (17), para dizer, sobre a pandemia de Covid-19, que “morreu quem tinha que morrer. Não foi por falta de leitos ou de profissionais”. A declaração foi uma tentativa do parlamentar em defender as ações da prefeitura na condução da crise sanitária. “No momento do colapso, não deixamos a desejar, conseguimos atender a demanda”, completou.

Até a segunda-feira, morreram 1.162 pessoas em Anápolis em decorrência da Covid-19. Somente no final de semana foram três óbitos. O boletim da Secretaria Municipal de Saúde informa ainda que o município registrou 37.468 casos, dos quais 35.301 são considerados “curados”.

0
0
0
s2sdefault

Goianésia chega a 200 óbitos pelo coronavírus

boletim140521boletim140521

Goianésia alcançou nesta sexta-feira, 14, a  marca de 200 mortes em decorrência do coronavírus ao computar mais um óbito.

A informação está contida no Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde - SMS

A cidade conta ainda com 25 pacientes contaminados.

Porém, os casos suspeitos que continuam caindo e chegou nesta tarde a 93, sendo que há 10 dias eram 321. 

Até esta sexta, 11.604 pessoas haviam recebido a primeira dose, das quais 5.286 já se imunizaram também com a segunda dose.

Segunda onda

No Brasil, em 113 dias de 2021 foram contabilizadas 195.949 mortes pelo coronavírus, enquanto de 17 de março de 2020, quando foi confirmada a 1ª morte pela doença em São Paulo, até 31 de dezembro foram registrados 194.976 óbitos.

Seguindo o mesmo ritmo a nível nacional, em Goianésia, a  segunda onda da doença também aumentou consideravelmente o número de óbitos. No dia 04 de março desse ano, o número de mortes chegou a 100. O total de óbitos abrangia desde o dia 18 de abril de 2020, quando aconteceu a primeira morte no Município. Apenass 71 dias após, o número dobrou chegando a 200 óbitos nessa sexta-feira, 14.  

0
0
0
s2sdefault

Page 5 of 470

css custom

© 2021 Jornal Opinião - Todos os direitos reservados