Anvisa nega importação da vacina russa Sputnik V

..

Por unanimidade, a diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) negou o pedido de importação da vacina contra covid-19 Sputnik V, de fabricação russa.

Os diretores apontaram como principal justificativa a falta de dados em relação à vacina e riscos.

O relator, Alex Machado Campos, chegou a se referir ao imunizante como um “mar de incertezas”. A reunião durou cinco horas.

Técnicos da agência já haviam recomendado que a vacina fosse recusada até que fossem apresentados dados que pudessem resolver as falhas identificadas. A decisão foi tomada hoje após o Supremo Tribunal Federal (STF) determinar que a agência apresentasse uma resposta em no máximo 30 dias.

0
0
0
s2sdefault

css custom

© 2021 Jornal Opinião - Todos os direitos reservados