Juízes de Goiás terão gratificação de até 6700 reais por acúmulo de processos

Foto: Tribunal de Justiça de Goiás/DivulgaçãoFoto: Tribunal de Justiça de Goiás/Divulgação

Os juízes de direito de Goiás vão receber um extra no salário de 6 a 6,7 mil reais.

Em decreto publicado no dia 26 de fevereiro, o Tribunal de Justiça de Goiás criou a chamada "gratificação por acervo", um plus de 20% do salário do magistrado por acúmulo de processos. 

Vale lembrar que os susídios dos juízes variam em torno dos 30 mil reais. Eles ainda recebem auxílio-saúde e auxílio-alimentação, mensalmente. Juntos esses benefícios chegam a mais de  2400 reais. Ha ainda a licência-prêmio e outros benefícios. 

Em relação ao aumento, a presidente da associação dos magistrados de Goipas (Asmego), Patrícia Carrijo, afirma que o benefício está relacionado com o aumento do número de ações distribuídas aos juiz ou acúmulo de comarcas sob sua responsabilidade. 

Com informações de O Popular

 

0
0
0
s2sdefault

Com 169 registros em 24h, Goiás bate recorde de mortes diárias por covid-19

..

Goiânia - Goiás registrou 3.831 novos casos da covid-19 e 169 mortes pela doença nas últimas 24 horas, segundo plataforma atualizada em tempo real pela Secretaria Estadual de Saúde. Com as atualizações da tarde desta quarta-feira (3/3), o Estado chega a 404.965 casos e 8.714 óbitos confirmados. Os dados de mortes pela doença não tinham sido atualizados na terça-feira (2/3).

 Ainda de acordo com a plataforma da SES-GO, o Estado soma 385.785 pessoas recuperadas. 
 
Recorde de óbitos
O registro de 169 mortes em 24 horas é o maior número de mortes diárias por covid-19 em Goiás desde o início da pandemia.A taxa de letalidade é de 2,15%.
 
Segundo a SES-GO, do total de óbitos pela doença, 58.09% foram homens. 
0
0
0
s2sdefault

Em Goiânia, Prefeito veta projeto que tornaria religião atividade essencial

Prefeito Rogério Cruz vetou projeto para abrir igrejas em Goiânia durante pandemia.Prefeito Rogério Cruz vetou projeto para abrir igrejas em Goiânia durante pandemia.

O prefeito Rogério Cruz (Republicanos) vetou, nesta quinta-feira (4), a matéria aprovada na Câmara de Goiânia, que tornava a atividade religiosa como essencial na capital durante a pandemia. Vale lembrar, essas atividades estão suspensas por causa do último decreto de medidas restritivas, que teve início na última segunda (1º).

A prefeitura diz reconhecer a importância da fé e da espiritualidade neste período pandêmico, bem como do trabalho dos líderes religiosos das mais diferentes denominações. 

Segundo informado, uma nova proposta do Executivo municipal irá reconhecer a essencialidade das instituições religiosas, mas também mantém a prerrogativa da Prefeitura de regulamentar a abertura dessas atividades de acordo com o quadro epidemiológico do município.

0
0
0
s2sdefault

Confirmada mais uma morte provocada pelo coronavírus em Goianésia

..

A Secretaria Municipal de Saúde - SMS - de Goianésia confirmou a morte de mais um paciente diagnosticado com Covid-19 no município, nessa quarta-feira, 03. Com isto, os óbitos provocados pelo coronavírus chegaram a 99. A informação está contida no Boletim Epidemiológico divulgado nesta tarde.

De acordo ainda com o boletim, atualmente Goianésia possui 46 (+8) pessoas infectadas.

No início dessa semama, das 53 vagas públicas disponíveis exclusivamente para o tratamento da Covid em Goianésia, 41 estavam ocupadas, ou seja, a taxa de ocupação era de 77,36%, porém, na rede particular a taxa de ocupação era de 95%, enquanto que a taxa de ocupação dos leitos de UTI (10) e semi-uti (02) era de 100%.

0
0
0
s2sdefault

Vereadores de Goianésia solicitam que igrejas se tornem atividade essencial durante a pandemia

Vereadores pedem que igrejas se tornem atividades essenciais durante a pandemia. Vereadores pedem que igrejas se tornem atividades essenciais durante a pandemia.

Na Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Goianésia,  realizada nesta terça-feira, 02, um requerimento chamou a atenção nesse momento crítico de pandemia. 

O vereador Paulo Henrique apresentou requerimento solicitando que às “Igrejas” da cidade sejam incluídos como atividade essencial nesse período de calamidade pública, “tendo em vista que elas atuam como ponto de apoio fundamental às necessidades da população na área social e emocional, desta forma, mesmo que se instale lockdown, os templos continuariam abertos.

O requerimento foi aprovado por unanimidade será encaminhado ao prefeito, Leonardo Menezes, Na solicitação, o vereador ponderou ainda que “medidas restritivas e radicais que visem o total bloqueio aos acessos das pessoas aos locais onde manifestam sua religião, somente agrava o sentimento de desalento em situações calamitosas”.

Vale lembrar que as igrejas em 2020, durante a primeira fase crítica, realizaram celebrações on-line, não deixando os fieis sem apoio. 

O requerimento também foi subscrito pelos vereadores Sargento Ariosvaldo, Carlos Gomes, Edilson Cabecinha, Edvaldo Ribeiro, Edvam da Costa, Fábio da Enigma, Geraldo do Pastel, Professor Hiago Matos, Ismael Francisco, Marcos Portilho, Múcio Santana, Salete Carrilho, Valdomiro Baiano, e Wagner Cigano.

O requerimento é apenas um pedido. Cabe ao executivo deliberar ou não.

0
0
0
s2sdefault

Covid em Goianésia: Confira as restrições do novo decreto municipal

..

O Comitê Técnico de Combate à Pandemia juntamente com a Prefeitura de Goianésia decidiram alterações para o combate à covid-19 em todo o município nesta segunda-feira 01.

O novo decreto, publicado nesta terça-feira, 02 de Fevereiro, tem o objetivo de frear o avanço da doença e conter o vírus, evitando, assim, medidas drásticas, como um possível lockdown.

Comércio em geral

As atividades econômicas ligadas à circulação de bens ou serviços, atacadista e varejista, leilões de qualquer natureza, clínicas e consultórios médicos e odontológicos, clínicas de estética, salões de beleza e barbearias, podem abrir, todos os dias durante o horário comercial, desde que o número de clientes simultâneos não ultrapasse o limite de 50% da capacidade máxima do estabelecimento.

Supermercados e distribuidoras

Excepcionalmente os supermercados e distribuidoras de bebidas poderão funcionar até às 20h todos os dias da semana, ficando expressamente vedado o consumo de gêneros alimentícios e bebidas no local.

Igrejas e atividades religiosas

Quanto às atividades religiosas, deverá ser suspensa a entrada de pessoas quando o local atingir 50% de sua capacidade máxima, respeitando o afastamento mínimo de 2 metros entre as pessoas. O acesso de pessoas do grupo de risco ao estabelecimento (idosos, portadores de doenças crônicas, gestantes, puérperas, recém-nascidos) deverá ser vedado.

Academias 

Quanto ao funcionamento das academias de ginástica e congêneres, deverão realizar os atendimentos, preferencialmente, na modalidade individual, impedindo a entrada de pessoas sem máscara de proteção facial. Devendo, ainda, ser disponibilizado álcool 70%) ou espaço adequado para lavagem das mãos. A entrada de clientes deverá ser suspensa quando atingir 50% da capacidade máxima.

Bares, restaurantes e congêneres

Restaurantes, lanchonetes, hamburguerias, sorveterias, bares, botecos e congêneres (incluindo delivery e/ou drive-thru), deverá ser atendidas as seguintes determinações: Todos devem utilizar máscaras, estando liberada a retirada somente no momento do consumo da comida e/ou bebida; Fica permitido o funcionamento com presença de público diariamente até às 22h, incluindo finais de semana; Os serviços de delivery e drive-thru, podem funcionar até às 22h; A capacidade de público do estabelecimento deve ser reduzida, de modo que não ultrapasse 50% da capacidade máxima do estabelecimento, e que seja possível uma separação mínima de 1 metro entre as cadeiras e 2 metros entre as mesas; Fica vedada a união de mesas e cadeiras de modo e que ultrapasse o limite máximo de 4 pessoas por grupo de clientes. Fica proibida a utilização de som mecânico e/ou realização de shows em bares, música ao vivo ou qualquer atração que implique na aglomeração de pessoas.

Eventos Sociais

Quanto à realização de eventos sociais e atividades coletivas culturais, de qualquer natureza, como por exemplo, cinemas, festas de aniversário e casamento, no âmbito do Município de Goianésia, deverão respeitar o limite de 50% de sua capacidade de público.

Aulas municipais 

Seguem suspensas as atividades educacionais presenciais em todas as escolas da rede pública municipal, com exceção das atividades administrativas necessárias ao suporte de aulas não presenciais.

Cemitérios e Serviços Funerários

Os cemitérios e serviços funerários deverão observar às orientações e restrições emanadas pela Secretaria Municipal de Saúde e pelo Ministério da Saúde. Os velórios realizados no âmbito do Município de Goianésia terão duração máxima de 4 horas.

Multas

O cidadão que descumprir a determinação do uso obrigatório da máscara de proteção previsto no decreto será autuado pelo Departamento de Fiscalização e Posturas da Prefeitura e deverá pagar multa no valor de R$ 50,00. No caso de reincidência: multa no valor de R$ 200,00.

No caso de descumprimento das medidas previstas neste decreto por parte de estabelecimentos comerciais, bem como; agências bancárias, locais de realização de leilões, restaurantes, bares e congêneres, academias de ginástica e afins, supermercados, padarias, igrejas, centros de oração e similares, serão devidamente autuados com multa no valor de R$ 300,00. No caso da primeira reincidência haverá interdição do estabelecimento pelo prazo de 72h, devendo o proprietário, para reabri-lo, tirar autorização especial junto à Prefeitura Municipal de Goianésia, no caso de segunda reincidência, haverá suspensão do alvará de funcionamento do local por 10 dias.

0
0
0
s2sdefault

css custom

© 2021 Jornal Opinião - Todos os direitos reservados