gsiaanapolis
No Estádio Jonas Duarte em Anápolis, vitória do Anápolis sobre o Goianésia por 1x0, ainda insuficiente para tirar a corda do pescoço em termos definitivos da fuga do rebaixamento, mas justamente porque sem esses três pontos a situação para tal poderia ficar sem conserto.
O Goianésia ainda mantém a quinta colocação na competição, que é a melhor depois dos times da faixa de classificação à Fase Semifinal da competição, porém em termos de permanência no Goianão para o ano que vem, sua vantagem é mínima. O aspecto favorável é que dos seus três últimos jogos nesta 1ª Fase do Campeonato, dois, justamente os próximos, serão em casa diante da líder Aparecidense e do lanterna Rio Verde.
Felipe Baiano já aos 38’ do 2º tempo, o autor desse importantíssimo, para o Anápolis, gol.
Gol: Felipe Baiano 38’ do 2º tempo.
Árbitro: Eduardo Tomaz. Assistentes: Adaílton Fernando e Hugo Correa.
Renda: R$ 62.400,00. Público pagante: 3.071.
 
Fonte:FGF
0
0
0
s2sdefault

 profissionais

O Governo de Goianésia através da Comissão de Credenciamento dos Profissionais de Saúde, divulgou nesta quarta-feira, 22, Edital de Chamamento Público para cadastramento e posterior credenciamento de pessoa físicas ou jurídicas para atuar junto à Secretaria Municipal de Saúde e Programas de Saúde da cidade.

A documentação poderá ser entregue até o dia 31 de março, na sede da Secretaria Municipal de Saúde, localizada na Rua 33, centro, em horário de expediente, compreendido entre 08h00 e 11h00 e das 13h00 às 17h00. O resultado será publicado no dia 10 de abril.

As vagas disponíveis são: educador físico, psicólogo, fonoaudiólogo, fisioterapeuta, assistente social, nutricionista, farmacêutico, médico, enfermeiro, técnico de enfermagem, médico psiquiatra, musicoterapeuta, psicopedagogo clínico, artesão, médico generalista, médico ginecologia e obstetrícia, médico cardiologia, médico pediatria, médico ortopedia, médico dermatologia, médico endocrinologia, médico neurologia, médico nefrologia, médico otorrinolaringologia, médico urologia, médico oftalmologia, enfermeiro PSF, cirurgião dentista, medico intervencionista, médico anestesiologia, médico anestesia, médico cirurgião geral, médico cirurgia ortopédica, médico clínica geral, médico neonatologia e técnico em radiologia

Acesse o edital aqui

0
0
0
s2sdefault

andreSecretário André Wenceslau reuniu os podadores para delimitar regras para a poda de árvores em Goianésia.

Durante reunião entre o Secretário Municipal de Meio Ambiente, André Wenceslau, e podadores de árvores de Goianésia, nova metas foram traçadas para serem implantadas já a partir do próximo mês.

A reunião serviu para que uma parceria entre Secretaria de Meio Ambiente e podadores profissionais fosse firmada. Em um debate saudável, André Wenceslau ouviu as exigências dos podadores que acordaram de cumprir seus deveres e obrigações.
A parceria visa o não cometimento de crime ambiental e limpeza da cidade. Ficou definido ainda que o novo calendário de poda de árvore será divulgado em meados de abril.
 
Fonte: Governo de Goianésia

0
0
0
s2sdefault
fgf
No Estádio JK em Itumbiara, empate em 0x0 para Itumbiara x Goianésia, no 7º jogo sem gol no Goianão 2017 mas que não acontecia desde a 2ª Rodada do 2º Turno, resultado que foi melhor para a equipe visitante.
 
Foi o 4º empate do Itumbiara em casa em cinco partidas realizadas em seu reduto, dos quais o 3º sem gol, a equipe ainda não venceu em casa na competição, porém foi o suficiente para sair da faixa do rebaixamento.
 
O Goianésia conquista seu 4º ponto fora de casa, no entanto, é uma das três equipes que ainda não venceu fora de seus domínios no Goianão 2017, sendo o time dentre os remanescentes do Goianão do ano passado que há mais tempo não ganha fora de casa. Sua última vitória como visitante pelo Goianão foi em 2015, 2x0 sobre o Caldas Novas.
 
A equipe goianesiense conquista quatro pontos contra um do adversário neste Goianão, já que no 1º Turno venceu em casa por 3x2.
 
Árbitro: André Luiz Castro. Assistentes: Tiago Gomes e Julio César Faleiro.
 
Renda: R$ 200.000,00. Público pagante: 10.000.
 
Fonte: FGF
0
0
0
s2sdefault

Agua2

O promotor de Justiça Antônio de Pádua Freitas Júnior propôs ação civil pública ambiental com obrigação de fazer contra José Antônio de Andrade, Ailton Aparecido Santos e Wilson da Silva, proprietários da parcela n° 15 do Assentamento Vitória, em Goianésia, com o objetivo de reverter a invasão da área de preservação permanente do Ribeirão Santa Família pela construção de imóvel e área de lazer.

No processo, o MP pediu liminarmente a demolição da obra existente no local e a retirada das cercas construídas na APP, no prazo de 30 dias, e ainda a elaboração pela Secretaria de Meio Ambiente de Goianésia de um laudo técnico sobre os prejuízos ambientais causados pelas obras, apresentando as providências adequadas para sua recomposição, no prazo de 60 dias. Foi requerida também a fixação de multa diária de R$ 1 mil aos réus, em caso de descumprimento das obrigações.

Em 2015, parecer do órgão ambiental municipal concluiu que a edificação feita pelos acionados estava na área de preservação permanente do ribeirão. Os proprietários, então, foram recomendados pelo promotor a demolir a instalação e a retirar as cercas de isolamento, em 30 dias. Decorrido o prazo, um novo parecer da Secretaria constatou que os proprietários não promoveram a demolição e que a área de lazer ainda estava sendo usada por eles. “Transcorridos mais de seis meses desde a recomendação, os proprietários continuam em situação irregular, causando danos ao meio ambiente, o que tornou indispensável a propositura da ação”, afirma o promotor. (Cristiani Honório / Assessoria de Comunicação Social do MP-GO - Foto; arquivo Ascom)

0
0
0
s2sdefault