Big Brother Brasil 13 abre inscrições nacionais

Big Brother chega à sua 13ª edição.Big Brother chega à sua 13ª edição.

Fale de você por até cinco minutos. Não importa se a produção é caseira ou profissional. Na frente da câmera, basta ser verdadeiro. Vencida esta etapa, selecione de 3 a 10 fotos suas atuais e preencha um formulário. Pronto. É assim, de modo bem simples, que uma pessoa comum pode dar adeus ao anonimato e entrar para a casa mais vigiada do Brasil.

Então, não perca tempo. A partir desta terça-feira, estão abertas as inscrições nacionais para a décima terceira edição do Big Brother Brasil. Para se candidatar, é preciso ter no mínimo 18 anos até o prazo final de inscrição, em 31 de outubro. Não há limite de idade.

Esta é a segunda fase das seleções dos novos brothers. A primeira fase — realizada entre 28 de março e 30 de julho — teve caráter regional e exigia apenas que os candidatos enviassem fotos em cadastro no site. E quem participou da seleção regional também pode participar da nova etapa, que agora abrange todo o Brasil. Já quem vive fora do país também pode se inscrever, desde que compareça quando necessário — para entrevistas, por exemplo.

As inscrições podem ser feitas pelo site do BBB ou por caixa postal. Acesse www.globo.com/bbb e veja o passo a passo.

O BBB 13 vai ao ar a partir de janeiro de 2013, com Pedro Bial no comando da atração. O valor do prêmio para o vencedor ainda não foi divulgado.

 

0
0
0
s2sdefault

Márcio Thomaz Bastos não é mais o advogado de Cachoeira

A detenção de Andressa, noiva de Cachoeira, foi o estopim para a sáida de Márcio Thomaz (na foto à direita)A detenção de Andressa, noiva de Cachoeira, foi o estopim para a sáida de Márcio Thomaz (na foto à direita)

O escritorio do ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos deixa nesta terça-feira oficialmente a defesa do empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira. A saída será protocolada no processo sem pronunciamento formal.

A detenção de Andressa Mendonça, mulher de Cachoeira, foi o estopim. Mas a crise já se alongava durante semanas.

Thomaz Bastos já estava fora do caso há duas semanas. Uma advogada da equipe, Dora Cavalcanti, afirmou que durante a defesa de Cachoeira surgiram "atritos naturais" e que a relação entre empresário e advogados foi desgastada.

"A saída do caso foi amigável. Nosso acordo era defender o empresário Carlinhos Cachoeira apenas até a audiência da semana passada. Fui uma saída natural", disse a advogada à Folha.

Segundo advogados da equipe, não há previsão de pagamento por ressarcimento ao réu.

Cachoeira é acusado de envolvimento em um esquema de jogos ilegais e está preso desde fevereiro deste ano.

Ontem (30), a noiva do empresário, Andressa Mendonça, foi detida sob suspeita de tentar corromper o juiz responsável pela Operação Montecarlo, que resultou na prisão do empresário. Ela prestou depoimento e pagou fiança de R$ 100 mil para ser liberada.

Segundo o juiz federal Alderico Richa Santos, Andressa o ameaçou com a divulgação de um dossiê contra ele caso a prisão de Cachoeira não fosse revogada. O documento seria publicado pela revista Veja.

Procurada pela reportagem, a Veja, por meio de sua assessoria, afirmou que vai pedir processar o autor da calúnia. "A direção da Veja afirma que seu departamento jurídico está tomando providências para processar o autor da calúnia, que tenta envolver de maneira criminosa a revista e seu jornalista com uma acusação absurda, falsa e agressivamente contrária aos nossos padrões éticos", diz nota da assessoria.

(Com informações da Folha de São Paulo e Veja).

0
0
0
s2sdefault

Confira a programação do Scarpas para o mês de agosto!

Segunda e terça dia do bacalhau pratos variados por apenas 43,00 para duas pessoas.
Quarta e sexta dia da moqueca de peixe- variedades de pratos por apenas 39,00 para duas pessoas.
Quinta rodizio de pizza por apenas 16,00 das 20.30 as 22 horas
Sexta e sabado dias 03 e 04 de agosto som ao vivo com Izadora( sertanejo universitário)
Sábado tem ainda feijoada por apenas 33,00 para duas pessoas
Domingo tem almoço a partir de 12 horas- futebol- pizza- sanduiches- petiscos variados.

Esse mês tem ainda - nos dias 17 e 18 de agosto - Celso Galvão

Tem também nos dias 24 e 25 de agosto- Fernando Viola



Buffet Scarpas- faça o seu orçamento sem compromisso com edgar ou janete
(casamento- aniversário- bodas- reuniões de negócios)
Temos espaço climatizado para 60 pessoas.
Aatendemos em qualquer espaço da cidade ou em outras cidades
Fale conosco 9969.1367 ou pelo e-mail  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

O Scarpas transmite todos os jogos do brasileirão série A  e B

 

0
0
0
s2sdefault

Operação Turista Seguro 2012 faz mais de 111 mil atendimentos

Bombeiros trabalharam bastante no período de fériasBombeiros trabalharam bastante no período de férias

O período de férias ainda não acabou, mas o Corpo de Bombeiros divulgou na manhã desta segunda-feira (30/7) o balanço parcial da Operação Férias Turista Seguro 2012, cujo objerivo é concientizar a população e atender com mais agilidade as vítimas. De acordo com o órgão, foram mais de 111 mil pessoas atendidas desde o dia 1º de julho, número que, por enquanto é considerado positivo. Nenhuma morte por afogamento foi registrada nas áreas banhadas pelos rios do Estado.

Ao todo, foram registradas 111.234 ações preventivas, 175 ocorrências de resgates, 12 combates a incêndio e 77 ocorrências de busca e salvamento. Sete pessoas que estavam se afogando foram resgatadas. De acordo com o tenente coronel Esmeraldino Jacinto Lemos a experiência tem mostrado  que a presença dos bombeiros nos postos montados nos balneários inibe os excessos por parte dos turistas.

Quanto à concientização, foram registradas 582 reconhecimentos de áreas de risco e 3 inspeções. "O grande número de ações preventivas justifica o baixo índice de ocorrências com gravidade, com isso temos um balanço positivo. Agradeço toda a equipe de oficiais e praças que, de maneira árdua, espírito de corpo e determinação, não mediram esforços para garantir o êxito da operação", pontua Jacinto Lemos.

0
0
0
s2sdefault

9 revelações sobre a gastrite

gastritegastrite

Você sabia que a gastrite não é proveniente dos abusos no consumo de alimentos ácidos? E que nem sempre azias freqüentes são sinais da inflamação do estômago? As 10 respostas das perguntas abaixo põem fim aos mitos e revelam curiosidades que rondam a gastrite.

1- A gastrite pode ser causada apenas pela má alimentação? Ou os alimentos irritantes só devem ser controlados por quem já sofre de gastrite?
Existem diversas causas da gastrite. O cardápio por si só, porém, não é apontado como responsável pela doença. A inflamação do estômago só acontece por causa da alimentação quando você consome alimentos ou água contaminados pela bactéria Helicobacter pylori. Vale lembrar que hábitos alimentares errôneos, como jejuns prolongados ou refeições muito rápidas, e o abuso de alimentos irritantes, como café, refrigerantes e condimentos, contribuem para o agravamento da gastrite. Solucionar tais questões, equilibrando o cardápio e ajustando os hábitos, melhora a vida de quem passa pelo problema e é capaz de evitar que ele se desenvolva.

2- Dá para ter uma boa qualidade de vida mesmo apresentando gastrite?
Sim. A idéia de que a inflamação não tem cura não se estende a todos os casos. Com exceção das gastrites atróficas (casos em que ocorre uma degeneração da mucosa do estômago), a inflamação é solucionada em 80 a 90% dos casos. Além disso, quando a gastrite for leve ou estiver em processo de cura, a qualidade de vida do paciente será a mesma de uma pessoa que não apresenta o problema. Desde, é claro, que as recomendações médicas sejam seguidas adequadamente.

3- O estresse pode ser considerado sinônimo de pré-disposição à gastrite? Por quê?
Apesar de o estresse ser um fator agravante importante, não existe uma relação direta com o desenvolvimento da gastrite. Ele faz com que o estômago produza mais ácido, diminuindo também as defesas do organismo contra a substância. O resultado são alterações no movimento do estômago, levando a pessoa a sentir uma série de sintomas, não necessariamente relacionados à gastrite.

4- Azias freqüentes podem ser sinais de que a gastrite está prestes a se instalar?
Normalmente, a azia está relacionada a outras doenças que podem co-existir com a gastrite. Um exemplo é o refluxo gastro-esofágico. Somente o médico vai poder diferenciar os problemas.

5- Quando os medicamentos contra a gastrite precisam entrar em ação?
Os remédios contra a gastrite são recomendados sempre que os sintomas estiverem incomodando. Porém, o uso deve ser acompanhado de orientação médica e nunca de forma isolada, seguindo também as recomendações alimentares.

6- Que tipo de remédio combate a gastrite?
A maioria dos remédios atua na diminuição ou no bloqueio da acidez estomacal. Existem ainda, medicamentos voltados para a melhora da movimentação do estômago e remédios direcionados para aliviar a dor. Os antibióticos entram em cena nos casos em que a gastrite é causada pela bactéria Helicobacter Pylori.

7- Homens e mulheres são vítimas na mesma medida?
Não existem evidências que apontem para a diferença de acometimento entre homens e mulheres.

8- Além da queimação, quais sinais denunciam a gastrite?
A popularmente conhecida como dor de barriga acomete os pacientes que sofrem de gastrite. Ela ataca, principalmente, a parte mais alta da barriga e pode vir em forma de queimação, ou ainda, aperto e cólica. Enjôos acompanhados, ou não, de vômitos, são mais participantes da lista de sintomas. Outro sinal de alerta é quando mesmo comendo pouco, a sensação de estufamento aparece.

9- Toda gastrite dói? Em termos de sintomas, qual a diferença delas?
Nem sempre a dor aparece. Em alguns casos, pode ser um incômodo leve. Mas, qualquer tipo de gastrite apresenta um ou mais dos sintomas listados acima.

Fonte: Orlando Ambrogini Jr. médico assistente da disciplina de gastroenterologia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP-EPM) www.minhavida.com.br

0
0
0
s2sdefault

Ciclista brasileiro que pedala pelo mundo há 21 anos passa por Goiás

Neguinho do Asfalto começou a sua promessa em 1991.Neguinho do Asfalto começou a sua promessa em 1991.

O ciclista que há 21 anos roda o mundo de bicicleta passou pela segunda vez em Anápolis, a 55 quilômetros de Goiânia, neste mês. A viagem de Antônio Rogério do Nascimento, conhecido como Neguinho do Asfalto, deve durar 30 anos e é o pagamento de uma promessa. Ele passou pela primeira vez na cidade em 2010.

A peregrinação em cima da bicicleta começou quando ele tinha 14 anos. Neguinho do Asfalto nasceu em Corumbá (MS). Ele era cego e não podia andar. Além disso, também tinha deficiência no rim e em um dos pulmões.

Depois de algumas cirurgias no olho e o tratamento para superar a paralisia, veio a cura, o que ele considera um milagre. “Eu prometi andar por 30 anos. Comecei dia 1º de fevereiro de 1991, aos 14 anos”, lembra Neguinho.

Como agradecimento, o ciclista já percorreu 12 países. A viagem começou pela África, custeada pelo consulado brasileiro, Luanda, Moçambique e Angola. Depois, começou a percorrer vários países da América Latina. Do Uruguai à Guiana Francesa.

Preconceito
Na Argentina, teve a bicicleta roubada. Um ataque justificado pelo preconceito. “Queimaram a bandeira do Brasil, amarraram minhas mãos e pés. Me deram para beber uma garrafa de 600ml de óleo queimado e tive que fazer uma cirurgia. Eles disseram que lugar de ‘macaquito’ é no Brasil”, relata. Com a ajuda que recebeu da população, conseguiu comprar a terceira bicicleta.

Neguinho do Asfalto costuma viajar até 17 horas por dia, a uma velocidade máxima de 35 quilômetros por hora. Na Magrela, como ele chama sua bicicleta, vão apenas roupas e uma barraca.

Desde que começou a pagar a promessa, Neguinho já percorreu mais de 193 mil quilômetros em cima da bicicleta. Só de pneus foram 236.

O objetivo agora é seguir para o Tocantins e de lá percorrer a região norte do Brasil até o fim do ano. Em 2013, voltar à América Latina. Patagônia e Machu Pichu.

A viagem tem data e local para acabar: fevereiro de 2022, no Canadá. “A pessoa tem que ter muita fé em Deus. Tem muito ser humano, hoje em dia, que quando vai comer não agradece o prato de comida que tem. Eu, comendo ou não, agradeço a Deus. Pelo menos Ele me deu visão e pernas para poder caminhar”.

0
0
0
s2sdefault

css custom

© 2021 Jornal Opinião - Todos os direitos reservados