Elaci Caetano: O mercado continua aquecido.

O fim das obras da empresa Anglo American em Barro Alto, promoveu um certo desaquecimento da economia de Goianésia, uma vez que acarretou a mudança de uma população provisória que havia se instalado por 2 anos na cidade. Passado o ocorrido, a questão é a seguinte: Como ficou o preço de imóveis em Goianésia?

Para responder a esta pergunta, a reportagem do Opinião coversou com o corretor de imóveis Elaci Caetano sobre o mercado imobiliário da cidade. Elaci é profissional da área há 19 anos e presidente da Associação dos Corretores de Imóveis de Goianésia. Confira a entrevista:

Como está o mercado imobiliário de Goianésia?

O mercado continua aqueciso. Aquelas casas de maior valor continuam valorizadas, não abaixaram o preço e nem vão abaixar. Ao contrário: houve vendas recentes em Goianésia que chegaram a R$ 800.000,00, valor considerável para a cidade. Agora nos meses de julho e no fim de ano, é normal os negócios diminuírem, por causa das férias. Agora, o que diminuiu consideravelmente foi a procura por aluguéis, com uma queda de 50%.

E as casas que se enquadram no Projeto Minha Casa, Minha Vida, do Governo Federal?

A burocracia e falta de mão de obra da Caixa e de seus parceiros tem inviabilizado a compra dessas casas. Eu mesmo vendi 2 casas desta modalidade há 1 ano e até hoje não consegui fechar o negócio. Os processos são lentos. Por exemplo, uma visita de um engenheiro demora 20 dias para ser feita e depois, é preciso esperar mais 20 dias para que o laudo seja emitido.

Além disso, o construtor faz uma casa que vale em torno de R$ 75.000,00, quer vender por R$ 120.000, mas a Caixa avalia por R$ 90.000. Então está se tornando inviável.

Qual a dica que você dá a quem deseja vender um imóvel?

Se você vai vender a sua casa para investir em um novo negócio, em um comércio é preciso analisar se compensa. Se você está vendendo uma casa para trocar por outra ou para desfazer de um bem, é preciso ter paciência e não se precipitar, para conseguir o valor real do imóvel.

0
0
0
s2sdefault

Elaci Caetano: O mercado continua aquecido.

O fim das obras da empresa Anglo American em Barro Alto, promoveu um certo desaquecimento da economia de Goianésia, uma vez que acarretou a mudança de uma população provisória que havia se instalado por 2 anos na cidade. Passado o ocorrido, a questão é a seguinte: Como ficou o preço de imóveis em Goianésia?

Para responder a esta pergunta, a reportagem do Opinião coversou com o corretor de imóveis Elaci Caetano sobre o mercado imobiliário da cidade. Elaci é profissional da área há 19 anos e presidente da Associação dos Corretores de Imóveis de Goianésia. Confira a entrevista:

Como está o mercado imobiliário de Goianésia?

O mercado continua aqueciso. Aquelas casas de maior valor continuam valorizadas, não abaixaram o preço e nem vão abaixar. Ao contrário: houve vendas recentes em Goianésia que chegaram a R$ 800.000,00, valor considerável para a cidade. Agora nos meses de julho e no fim de ano, é normal os negócios diminuírem, por causa das férias. Agora, o que diminuiu consideravelmente foi a procura por aluguéis, com uma queda de 50%.

E as casas que se enquadram no Projeto Minha Casa, Minha Vida, do Governo Federal?

A burocracia e falta de mão de obra da Caixa e de seus parceiros tem inviabilizado a compra dessas casas. Eu mesmo vendi 2 casas desta modalidade há 1 ano e até hoje não consegui fechar o negócio. Os processos são lentos. Por exemplo, uma visita de um engenheiro demora 20 dias para ser feita e depois, é preciso esperar mais 20 dias para que o laudo seja emitido.

Além disso, o construtor faz uma casa que vale em torno de R$ 75.000,00, quer vender por R$ 120.000, mas a Caixa avalia por R$ 90.000. Então está se tornando inviável.

Qual a dica que você dá a quem deseja vender um imóvel?

Se você vai vender a sua casa para investir em um novo negócio, em um comércio é preciso analisar se compensa. Se você está vendendo uma casa para trocar por outra ou para desfazer de um bem, é preciso ter paciência e não se precipitar, para conseguir o valor real do imóvel.

0
0
0
s2sdefault

Professor Osvaldino Júnior

Iniciante é todo e qualquer individuo que nunca teve próximos a determinada modalidade ou aquele indivíduo que mesmo praticante da mesma se afasta tornando se um sedentário.

Para essas pessoas deve-se ter um estilo diferente de organização de treinamento para que possa vir acarretar resultados sem que ocorram danos ou luxações, dessa forma adotam-se os princípios de evolução individual do aluno utilizando volume e intensidade.

O volume trata da quantidade de sessões, que terá no treino diário para o aluno, já a intensidade é a quantidade de carga ou pesos que será utilizado em cada sessão de treino, seja na musculação ou em qualquer atividade que você venha a sistematizá-la.

Para se organizar um treinamento o individuo em seu primeiro passo deve-se passa por uma avaliação física e até mesmo exames de saúde para atestar suas condições para a prática do desporto, essas informações serão bem digeridas pelo profissional de Educação Física onde ele ira organizar para que o indivíduo tenha maior conforto e poderá entrar na segunda etapa do treinamento a definição de fases e períodos tipo: básico, adaptativo, especifico e de transição e nessas fases são feitos várias subdivisões: microciclo, mesociclo, macrociclo.

Sempre os treinos são divididos em períodos em três sistematizações o Macrociclo (Anual), Mesociclos (trimestral) e Microciclo (semanal), dentro dessas sistematizações detectaram os períodos adaptativos de 1 a 8 semanas, específicos de 4 a 12 semanas, e readaptativo de 1 a 4 semanas , isso se o individuo tiver uma boa conduta de perspectiva no treino que eles estão fazendo, sendo que um afastamento de 7 a 10 dias pode influenciar completamente em qualquer parte do treino.

Se seu professor não se preocupar com essas bases organizações do treino que é de suma importância você vai está caminhando a passos largos do fracasso, pois sem essas sistematizações e condutas, você estará tendo atitudes descontroladas e desorganizadas por parte de seu porte físico, resumindo não tendo validade nenhuma de treinamento.

Sempre procure o melhor para você e sua saúde, treine de forma adequada.

 

Prof. Esp. Osvaldino Junior

CREF 002718G/GO

Coordenador da Corpus Academia

Orientador Acadêmico UFG/ Unu Goianésia

Ciclista Amador desde 2003

0
0
0
s2sdefault

Áurea Sousa, moradora de Goianésia ficou em terceiro lugar no concurso "Qual o melhor empadão do Brasil?", do programa Mais Você, apresentado por Ana Maria Braga, na Rede Globo.

A competição contou com 14 finalistas e a goianesiense ficou em 3º lugar. O Programa que escolheu os vencedores foi ao ar nesta manhã de quinta-feira, 06.

Empadão Goiano da Silvia

Receita enviada por Áurea Porto para o concurso 'O melhor empadão do Brasil'

ingredientes

Massa

  • 1 kg de farinha de trigo
  • 1 pacote de gordura hidrogenada
  • 1 colher (chá) de sal
  • 1 lata de guaraná

Recheio

  • 2 colheres (sopa) de óleo
  • 3 cebolas picadas
  • 3 tabletes de caldo de frango
  • 300 g de extrato de tomate
  • 2 litros de água
  • 1 kg de batata cortada em cubos e cozida
  • 2 kg de peito de frango temperado, cozido e desfiado grosseiramente
  • 6 colheres (chá) de amido de milho dissolvidos em 1 xícara (chá) de água
  • cheiro verde picado, pimenta do reino moida e sal a gosto

Montagem

  • 1 kg de linguiça de frango ou de porco fina fatiada
  • 200 g de azeitona verde sem caroço
  • 250 g de guariroba em conserva
  • 400 g de requeijão cremoso

modo de preparo

Massa

1°- Numa tigela coloque 1 kg de farinha e trigo, 1 pacote de gordura hidrogenada, 1 colher (chá) de sal e 1 lata de guaraná e amasse bem até formar uma massa homogênea. Leve para a geladeira para descansar por 2 h. Depois deste tempo, abra a massa com auxílio de um rolo numa espessura de 0,5 cm.

Recheio

2°- Numa panela em fogo médio aqueça 2 colheres (sopa) de óleo e refogue 3 cebolas picadas. Adicione 3 tabletes de caldo de frango e mexa até dissolver. Junte 300 g de extrato de tomate, 2 litros de água, 1 kg de batata cortada em cubos e cozida, 2 kg de peito de frango temperado, cozido e desfiado grosseiramente, cheiro verde picado, 6 colheres (sopa) de amido de milho dissolvido em 1 xícara (chá) de água, pimenta do reino moída e sal a gosto, misture e deixe engrossar. Retire do fogo e deixe esfriar sem tampar.

Montagem

3°- Numa forma individual coloque uma porção de massa e forre o fundo e a lateral. Coloque uma porção de recheio, uma fatia de lingüiça de frango (ou de porco), 3 azeitonas verde sem caroço, uma porção de guariroba, 1 colher (sopa) bem cheia de requeijão cremoso e tampe com uma fina camada de massa. Repita o mesmo procedimento até terminarem todos os ingredientes. Leve ao forno médio pré-aquecido a 180°C por +/- 40 minutos. Retire do forno e sirva em seguida.

0
0
0
s2sdefault

Acontece nos dias 6 e 7 de fevereiro (sexta e sábado) mais uma incrível Liquidação Fenit One Store. Serão centenas de produtos com até 70% de desconto: blusas, calças, shorts, acessórios e muito mais com marcas mais que exclusivas da Loja!

Marcas renomadas para a criançada!


 

Moda fashion para os adolescentes e jovens!

 

 

As últimas tendências das passarelas para jovens e adultos!

 

 

0
0
0
s2sdefault