baner

O Sebrae realizará entre 8 e 13 de maio a Semana do Microempreendedor Individual (MEI). O foco é atender todas as pessoas interessadas em formalizar uma atividade, receber orientações, atendimentos e participar de capacitações específicas para empreendimentos que podem alcançar um faturamento de até R$ 60 mil/ano.

O evento é voltado para potenciais empreendedores e empreendedores que já se formalizaram. Eles podem aproveitar para regularizar pendências da empresa, como o preenchimento da Declaração Anual do Simples Nacional (DASN-MEI), a emissão de boletos mensais do Documento de Arrecadação Simplificada (DAS-MEI), e alterações ou baixa do CNPJ. Quem ainda não é MEI e quer se formalizar também contará com a ajuda da instituição. Em caso de dúvidas, os técnicos do Sebrae estarão disponíveis para consultas e orientações empresariais.

O Sebrae conta com parceiros fundamentais para realizar a semana do MEI, com destaques para as entidades empresariais, Sistema "S", instituições e órgãos municipais (prefeituras), estaduais e federais, instituições financeiras e todas as 13 entidades que compõem o Conselho Deliberativo Estadual (Agência Goiás Fomento, AGPE, BB, Caixa, Fieg, Facieg, Faeg, Fecomercio, FCDL, SED, Segplan, UFG e Sebrae).

O Brasil já possui cerca de 6,7 milhões de MEI, dos quais cerca de 245 mil estão em Goiás. "Em sete anos de existência o MEI já responde por milhões de novos negócios no Brasil. São números extremamente significativos, pois mudaram a realidade de milhares de pessoas que puderam abrir o seu negócio e que, em certos casos, puderam ofertar mais uma vaga de emprego. Se calcularmos que cada MEI pode empregar uma pessoa, só aí já são perto de 12 milhões de pessoas trabalhando na economia formal.

A semana será bem movimentada e o Sebrae e parceiros vão levar todos os seus serviços ao público para apoiá-lo com informações e orientações que contribuam com o seu negócio, além de ser uma oportunidade para os empreendedores se atualizarem sobre seus benefícios e obrigações. Montenegro lembra que, "a figura jurídica do microempreendedor individual, aquele que fatura até R$ 60 mil/ano, tem sua base legal na lei complementar 128/2008 que criou a figura do Microempreendedor Individual (MEI), em vigor desde 1/7/2009.

Ele é o trabalhador conhecido como informal e que pode se tornar um Microempreendedor Individual legalizado e passar a ter o CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica), o que proporciona a formalização do seu negócio e esta pessoa conquistou sua cidadania empresarial, além de ter o CNPJ, ele pode emitir nota fiscal e obter crédito com taxas mais acessíveis", completa Montenegro.

Em Goianésia, a programação é a seguinte:

Dia 10 de maio - Sebrae - Prefeitura de Goianésia

09:00 às 10:00 -  Palestra "Tudo o que você precisa saber para trabalhar como Microempreendedor Individual"

11:00 às 16:00 -  Atendimento especializado ao Microempreendedor Individual (orientação, formalização, emissão de boleto, baixa, declaração, alteração)

19:00 às 23:00 - Oficina SEI Controlar o Meu Dinheiro - Aprenda a fazer o controle de caixa do seu negócio, controlando todas as entradas e saídas, contas a receber e a pagar e caixa futuro. 

Inscrições:

Nilton - agente do Negócio a Negócio (62) 98413-7122

Sebrae Goianésia (62) 3389-7400

 



0
0
0
s2sdefault

DSC 8085Prefeito da Vila Propício, Cirlei Araújo, recebeu a presença do prefeito de Goianésia, Renato de Castro, na 4ª Cavalgada do Trabalhador.

O Governo de Vila Propício realizou no último domingo, a 4ª Cavalgada do Trabalhador. O prefeito Cirlei  Araújo recebeu comitivas de Goianésia, Santa Rita do Novo Destino, Goianápolis, além de lideranças políticas e o amigo Renato de Castro, prefeito de Goianésia. 

Houve almoço para os cavaleiros e à noite show com Márcio Cardoso e Daniel Rocha. 

A cavalgada anunciou a Festa do Peão de Vila Propício,  que acontece de 25 a 27 de maio e contará com rodeio profissional, barracas e várias atrações musicais, como a dupla Felipe e Falcão.

Confira como foi a Cavalgada no OpiniãoTV: