Futebol ficará suspenso pelos próximos 14 dias

goianesiaejaraguagoianesiaejaragua

Um novo decreto anunciado pelo governo de Goiás na manhã desta terça-feira (16) proíbe a realização de treinos e jogos de futebol em todo o Estado pelos próximos 14 dias. A decisão retoma o modelo de paralisação "14 por 14" estipulada em abril de 2020 e começa a valer a partir desta quarta-feira (17).

Nesse decreto, o futebol é considerado atividade não essencial e só poderá retornar em abril, quando se passarem os 14 dias de suspensão. A Federação Goiana de Futebol (FGF) e os clubes afirmam não terem sido notificados e ainda não emitiram um posicionamento oficial, cancelando ou não partidas válidas pelo Campeonato Goiano e pela Copa do Brasil.

O decreto, porém, já está publicado em suplemento do Diário Oficial do Estado (DOE) e, de acordo com Alan Tavares, secretário da Casa Civil, em entrevista ao jornal O Popular, já impede a realização, por exemplo, de jogos marcados para esta quarta e quinta-feira, tais como:

  • Iporá x Goiás - Estádio Ferreirão - Goianão
  • Ypiranga-AP x Santa Cruz-PE - Accioly - Copa do Brasil
  • Goianésia x CRB-AL - Valdeir de Oliveira - Copa do Brasil
  • Porto Velho-RO x Ferroviário-CE - Accioly - Copa do Brasil
  • Jaraguá x Manaus-AM - Amintas de Freitas - Copa do Brasil

Às 11 horas desta quarta-feira (17) a FGF realiza reunião on-line com os presidentes dos 12 clubes que participam da competição. Após o encontro a FGF irá se posicionar oficialmente sobre o decreto do Governo do Estado de Goiás. 

0
0
0
s2sdefault

css custom

© 2021 Jornal Opinião - Todos os direitos reservados