Em Goiânia, Prefeito veta projeto que tornaria religião atividade essencial

Prefeito Rogério Cruz vetou projeto para abrir igrejas em Goiânia durante pandemia.Prefeito Rogério Cruz vetou projeto para abrir igrejas em Goiânia durante pandemia.

O prefeito Rogério Cruz (Republicanos) vetou, nesta quinta-feira (4), a matéria aprovada na Câmara de Goiânia, que tornava a atividade religiosa como essencial na capital durante a pandemia. Vale lembrar, essas atividades estão suspensas por causa do último decreto de medidas restritivas, que teve início na última segunda (1º).

A prefeitura diz reconhecer a importância da fé e da espiritualidade neste período pandêmico, bem como do trabalho dos líderes religiosos das mais diferentes denominações. 

Segundo informado, uma nova proposta do Executivo municipal irá reconhecer a essencialidade das instituições religiosas, mas também mantém a prerrogativa da Prefeitura de regulamentar a abertura dessas atividades de acordo com o quadro epidemiológico do município.

0
0
0
s2sdefault

css custom

© 2021 Jornal Opinião - Todos os direitos reservados