Temes

Bolsonaro afirmou que "não se pode furtar" do conhecimento de quem passou pela Presidência da República - Ele agradeceu o encontro e disse que conta com a experiência de Temer para ajudá-lo

O presidente Michel Temerinformou nesta quarta-feira (7) ter convidado o presidente eleito Jair Bolsonaro a acompanhá-lo em viagens internacionais que fará até o fim deste ano.

A posse de Bolsonaro está marcada para 1º de janeiro, e o presidente eleito não informou se aceitará participar das viagens.

Temer fez um pronunciamento no Palácio do Planalto ao lado de Bolsonaro após eles se reunirem. O encontro marcou o início formal da transição de governo.

"Convidei o presidente Bolsonaro, se ele puder, para fazer viagens comigo para o exterior. Tenho viagens programadas, mencionei até o G20, será agora no fim do mês, não sei se o presidente poderá. Mas disse a ele que, quando ele queira, nós poderemos ir juntos para o exterior", afirmou Temer.

O G20, que reúne as 20 principais economias do mundo, acontecerá em Buenos Aires (Argentina) entre os dias 30 de novembro e 1º de dezembro.

Pela agenda, Temer também irá ao Chile no próximo dia 21 e à Cúpula Ibero-Americana, na Guatemala, entre os dias 15 e 16.

 

0
0
0
s2sdefault