Rede

Proibição vai até 28 de fevereiro de 2019; fiscalização foi intensificada.

Começou a valer na quarta-feira passada (2) o período da piracema, que vai até o dia 28 de fevereiro do ano que vem. Em Goiás, está proibida a pesca predatória nos rios e lagos, sendo liberada apenas a pesca esportiva, quando os peixes são soltos.

De acordo com o Secretário de Meio Ambiente de Goianésia, André Wenceslau, a piracema é essencial para a reprodução da fauna aquática e manutenção dos estoques pesqueiros.

Saiba mais

Piracema começa e fiscalização é intensificada em rios de Goiás

Assim, para evitar a pesca predatória e orientar os pescadores, equipes de fiscalização vão percorrer rios e lagos nas regiões de Goianésia.

Além da proibição da pesca predatória, também entrou em vigor, pelo terceiro ano consecutivo, a Lei da Cota Zero, que proíbe o transporte de peixes em território goiano. Quem for pego pescando ou transportando peixes vai ser multado de acordo com a quantidade e espécie do animal, além de ter todo o material de pesca apreendido e responder por crime ambiental.

0
0
0
s2sdefault