jalles

Sem moral e incompentente, a gestão do governador Marconi Perillo (PSD) e de seus auxiliares só funciona na base da pressão. Depois de muitas ameaças de municipalização, o presidente da Saneago, Jalles Fontoura, esteve finalmente em Anápolis para anunciar investimentos para evitar a falta de água no município.

“Aqui em Anápolis haverá um investimento de R$ 103 milhões no Sistema Capivari, e outros R$ 15 milhões para realizar as ações emergenciais para não faltar água este ano”, disse Jalles. Por conta da incompetência da Saneago, Anápolis sofre todos os anos com a seca no município.

Irritado com a falta de soluções, o prefeito Roberto do Órion (PTB) fez reiteradas ameaças de que romperia o contrato para municipalizar a água, a exemplo de outras cidades goianas que fizeram e conseguiram resolver o problema. Uma das cidades visitadas foi Catalão, no Sul do Estado, administrada pelo ex-deputado Adib Elias (PMDB).

Depois da visita ao peemedebista, Roberto foi atendido. Em sua coletiva, Jalles passou o recibo do medo do governo e disse que a municipalização dos serviços de saneamento não é a solução para a cidade. “A Saneago tem um conhecimento acumulado nessa área de água e esgoto”, afirmou o presidente da empresa.

Fonte: Goias Real

0
0
0
s2sdefault