Decreto Municipal em Goianésia vai determinar lockdown de sexta a domingo.

Comitê do Covid19Comitê do Covid19

O prefeito de Goianésia Renato de Castro (MDB) concedeu coletiva na manhã dessa terça-feira (30), após reunião com o comitê de enfrentamento ao COVID-19. Estiveram participando a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, padres, pastores, representantes da Jalles Machado e Anglo American, além da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).

Na reunião, ficaram definidas as seguintes ações:

1 - O comércio fechará as 19:00, de segunda a sexta, permanecendo somente as farmácias que funcionarão por delivery;

2 - Das 19:00 de sexta-feira, às 06:00 de segunda-feira, estará decretado o fechamento geral, permanecendo ainda as farmácias, por delivery; 

3 - Uma vez por semana, de segunda a quinta, as igrejas poderão funcionar até às 21:00;

4 - A fiscalização de aglomerações será feita pela Polícia Militar;

5 - O comitê voltará a se reunir no dia 07 de  julho, para avaliar novamente o cenário e decidir pela permanência  ou fim das medidas.

Renato de Castro pediu mais uma vez a cooperação da população. "Estou preocupado, a responsabilidade é minha, mas todos tem sua parcela de contribuição a ser dada. Preocupo com a saúde das pessoas. Vamos passar esse momento, mas agora as pessoas precisam fazer sua parte. Se for preciso fechar tudo de novo, faremos", ressaltou. 

 

 

0
0
0
s2sdefault

Anglo American inicia testagem de empregados para Covid-19

A Anglo American deu um importante passo no combate e prevenção ao novo coronavírus em suas operações e nos municípios vizinhos.

A empresa iniciou a testagem regular de seus empregados para Coronavírus em todas as suas unidades na semana passada, começando com as equipes de saúde e segurança. As testagens terão a cobertura gradualmente ampliada até cobrirem 100% dos trabalhadores ativos nas unidades operacionais, no próximo mês de julho.

Estão sendo utilizados tanto testes rápidos quanto exames laboratoriais. A bateria de testes rápidos será repetida a cada sete a dez dias, mantendo a informação sempre atualizada, o que permite à empresa saber o que está acontecendo e ajuda na tomada das decisões necessárias. Para isso, a Anglo American adquiriu 33 mil testes rápidos (IgM /IgG) e 15 mil exames laboratoriais (PCRs), considerados o padrão ouro no diagnóstico da Covid-19

Além da realização dos procedimentos internamente, a empresa já iniciou a doação de aproximadamente 20% dos testes adquiridos para as prefeituras das cidades das quais faz parte, de forma que os municípios possam testar suas equipes de saúde e segurança pública.

Em Goiás, os municípios contemplados Barro Alto, Niquelândia e Goianésia.

Protocolo de testes e quarentena

Todos os empregados passarão pelo teste rápido periodicamente. Caso algum empregado tenha resultado positivo de anticorpo IgM para Covid-19 (indicando infecção em curso) no teste rápido, será imediatamente colocado em quarentena. O teste rápido é feito com apenas uma gota de sangue, com resultados em cerca de uma hora.

Como existem chances de que o teste rápido aponte resultados falso positivos, todos os trabalhadores cujo resultado for positivo de anticorpo IgM para Covid-19 no teste rápido também farão o exame laboratorial (PCR) para resultado confirmatório.

Nos casos positivos, os trabalhadores serão acompanhados regularmente pela equipe de saúde da empresa. Os empregados que tiveram contato com um trabalhador cujo teste foi positivo também serão procurados pela equipe de saúde para avaliação do contato e definição das ações (quarentena, solicitação de exame). As testagens serão aplicadas, ainda, aos terceirizados, garantindo um ambiente de trabalho totalmente mapeado.

A comunicação dos casos positivos aos municípios e às Secretarias Estaduais de Saúde é realizada pelos próprios laboratórios que processam os testes. Com isso, as prefeituras estarão sempre informadas da evolução dos números de casos, juntamente com a própria empresa.

 

0
0
0
s2sdefault

COVID-19: Renato de Castro não quer decretar lockdown, mas pede que população coopere

Renato e Joao MarioRenato e Joao Mario

O prefeito de Renato de Castro (MDB) anunciou nas suas redes sociais no fim desta manhã, que vai se reunir com o comitê de enfrentamento ao COVID em Goianésia, na próxima quarta-feira, 01.

Ele adiantou, que depois da reunião com o governador Caiado e prefeitos goianos, conversou com a equipe da Secretaria de Saúde do Município. De antemão, Renato disse que ainda não pretende fechar o comércio, mas pediu apoio à população às medidas restritivas. 

"Estão fazendo muitas festinhas, as pessoas estão saindo muito, não estão fazendo a sua parte. A intenção é manter tudo aberto para não penalizar ainda mais o nosso comércio, mas se precisar fechar, faremos", adiantou. 

O governador de Goiás Ronaldo Caiado (DEM) reuniu com os prefeitos goianos na manhã de hoje (29) e defendeu o lockdown por 14 dias no Estado, a partir dessa terça-feira, 30.

Um novo estudo Universidade Federal de Goiás (UFG) estima um colapso hospitalar em julho, com a necessidade de 2 mil leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e 18 mil mortes por Covid-19 até setembro.

0
0
0
s2sdefault

Festinhas e resenhas fomentam o avanço da Covid-19 na Região devido ao baixo isolamento social

Os casos de COVID-19 tendem a avançar na Região do Vale do São Patrício e Norte Goiano. A pandemia insiste em permanecer. O isolamento social está diminuindo e os casos voltaram a aumentar nos Municípios da Região. 

Em Goianésia, já são 96 casos confirmados, de acordo com o último boletim epidemiológico (18/06) da Secretaria Municipal de Saúde. No entanto, atualmente 15 pessoas estão infectadas.

Uruaçu registra 49 casos confirmados, com 14 casos ativos, de acordo com o boletim do dia 17/06. 

A cidade de Jaraguá tem 22 casos confirmados, com apenas 04 pacientes atualmente infectados. 

Niquelândia teve nas últimas 2 semanas, um aumento vertiginoso. Eram apenas 4 casos, mas chegou a 19 confirmados no boletim divulgado nesta quinta-feira, 18, com 16 pessoas atualmente infectadas. .

 

‘Festinhas’ e as famosas resenhas em residências na área urbana e rural das cidades fomentam a aglomeração de pessoas, com estímulo ao consumo de bebidas alcoólicas e são as maiores preocupações do município, neste momento.

O prefeito de Niquelândia, Fernando Carneiro (PSD) emitiu novo decreto nesta quarta-feira, 17 estipulando novo horário de funcionamento dos supermercados, mercearias, frutarias e padarias e açougues.

 

 

0
0
0
s2sdefault

Governador Caiado fará reunião com prefeitos nessa segunda-feira, 29

caiado prefeitos 1068x712caiado prefeitos 1068x712
O governador Ronaldo Caiado marcou para segunda-feira (29/6) uma nova reunião com prefeitos e representantes dos poderes legislativo e judiciário.
 
A pauta será o avanço da covid-19 em Goiás. "Estamos entrando nos piores dias", alertou sobre a pandemia. 
 
Segundo Caiado, o Estado deve enfrentar a maior crise de disseminação do novo coronavírus entre julho e agosto. Diante disso, é preciso criar estratégias de atuação "para salvar vidas".

0
0
0
s2sdefault

Hospitais em Goiás já tratam pacientes com corticoide apontado em Oxford

O corticoide dexametasona já está sendo utilizado em hospitais de Goiás. 

A indicação, segundo a Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), é para pacientes que necessitam de ventilação mecânica ou oxigênio, ou seja casos graves.  Na fase incial da doença, o medicamento não deve ser usado.

Os hospital de campanha para o enfrentamento ao COVID-19 em Goiânia (Hcamp) , já utiliza o corticoide desde março deste ano. Agora, com a recomendação da SBI, o protocolo está sendo alterado, informa a diretora técnica da unidade, a infectologista Marina Roriz.

Os hospital e Maternidade Muncipal Célia Câmara (HMMCC) também informou que incluiu a dexametasona no protocolo desde abril. O Hospital de Urgências Dr. Valdemiro Cruz (Hugo) também afirmou que administra o corticoide em pacientes com a doença, assim como na rede pública de Anápolis e Aparecida de Goiânia. Esta última informou que, além da dexametasona, utiliza também a metilprednizolona.

Na rede particular, a tendência é a mesma. No Hospital Órion, de Goiânia, que possui atendimento especializado para COVID-19, além da dexametasona,  outro medicamento similar é administrado a pacientes.

O médico  Marcelo Rahabi, diretor clínico do Hospital Órion e coordenador de pesquisa e professor da Universidade Federal e Goiás (UFG), explica que “depois da infecção do vírus, temos dois  grandes problemas que podem ocasionar trombose e embolia. Os coticoides atuam, reduzindo essa resposta exagerada, se estivermos nesta fase descrita. É preciso ressaltar que se eu usar numa fase inicical, eu amento a gravidade da doença”, explica o pneumologista.

É uma avanço sim, porque é um medicamento de fácil acesso e tivemos resultados importantes”, ressalta Rahabi.

Com informações de O Popular

0
0
0
s2sdefault

Page 2 of 425

© 2020 Jornal Opinião - Todos os direitos reservados