Anvisa aprova coquetel de anticorpos para tratar Covid-19

regen covregen cov

Após aprovar o remdesivir como medicamento contra a Covid-19, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou nesta terça-feira (20) o

uso emergencial de mais um remédio para tratar a doença.

Desenvolvido pela farmacêutica Roche, o coquetel Regn-CoV2 contém o carisivimabe e o imdevimabe. O uso será restrito a hospitais, com aplicação intravenosa, e indicado na fase inicial da doença. O ideal é que ele seja administrado dentro de 10 dias após o início dos sintomas, sendo possível verificar os benefícios no segundo dia de aplicação.

A Anvisa não é o primeiro órgão regulatório a aprovar o coquetel. A Food and Drug Administration (FDA), dos Estados Unidos, já havia concedido a autorização de uso emergencial em pacientes com sintomas leves e moderados. O Regn-CoV2 foi utilizado, inclusive, no tratamento do ex-presidente Donald Trump.

0
0
0
s2sdefault

css custom

© 2021 Jornal Opinião - Todos os direitos reservados