Família Lopes deixa o MDB e declara apoio à Leozão

Família Lopes declarou apoio à Leozão e Aparecido.Família Lopes declarou apoio à Leozão e Aparecido.

Os Lopes não vão apoiar a candidatura de Pedro Gonçalves a prefeito de Goianésia.

Depois de 27 anos no MDB, a família deixou o partido e declarou apoio à candidatura de Leozão e Aparecido Costa.

A decisão foi anunciada após uma reunião nesta terça-feira, 29. A principal motivação da ruptura foi a união  com o PSDB sem consultar a base do partido, causando assim, a impossibilidade da candidatura do atual prefeito Renato de Castro à reeleição. A união dos partidos - historicamente rivais - foi inédita no município e, não foi aprovada, por quem militava há quase três décadas no MDB local.

A família Lopes, estava no MDB desde a primeira gestão do ex-prefeito, Gilberto Naves, em 1993, época em que haviam deixado o então PFL. Articulações antidemocráticas de Jalles Fontoura na época, contrariaram a base política do PFL, que preferiu lançar Dr. Luciano, em detrimento de Antônio do Simino, motivando, assim, que a família Lopes deixasse o partido e passasse à apoiar Gilberto Naves, no então PMDB.

Agora, a história se repete e, mais uma vez, a família decidiu deixar o partido atual partido, MDB, considerando, que não houve democracia na escolha de Pedro Gonçalves, como candidato. Os Lopes lembraram ainda, o histórico político da família, que teve Dr. Teófilo Lopes, na presidência do MDB de Goianésia por aproximadamente dez anos, além de vereadores que foram eleitos na época, pela mesma base.

A família Lopes explicou que a união de Pedro Gonçalves (MDB) e de Marco Antônio (PSDB), lembra outras uniões que aconteceram na cidade, mas, que não deram certo. Essas parcerias, sempre pautadas pela desigualdade de expressão política, usam, comumente, candidatos distantes da tradicional família Lage. Revirando o passado, é possível encontrar nomes já apresentados pelo grupo, como: Dr. Luciano e Ronaldo Peixoto, que, já ilustraram muito bem o quanto a parceria com o PSDB pode ser desvantajosa, somente para uma face da moeda.

 

0
0
0
s2sdefault
© 2020 Jornal Opinião - Todos os direitos reservados