Venda do atacante Michael poderá render quase 2 milhões de reais ao Azulão do Vale

 Michael vestiu as cores de Goianésia em 2017 e foi revelado pelo Clube, indo para o Goiás. (Foto: Reprodução TV Anhanguera)

A disputa pelo Atacante Michael, do Goiás, que foi revelado pelo Goianésia Esporte Clube está acirrada. o Goiás definiu: quer receber 7,5 milhões de euros (cerca de R$ 34 milhões) por sua parte nos direitos do atacante.

Detentor de 75% dos direitos de Michael, o Esmeraldino tem esse valor definido pela sua parcela, que ainda ficará maior por conta dos 5% que pertencem ao Goianésia. Um eventual clube comprador teria que depositar o valor total pelos 80%, e o Goiás repassaria uma parte ao Azulão do Vale.

Os dois principais gigantes na briga pela contratação de Michael são Corinthians e Flamengo. O clube paulista já formalizou uma oferta de 5 milhões de euros por 50% dos direitos do atacante, e ainda acenou com a possibilidade de envolver jogadores no acerto. O Rubro-Negro, por outro lado, tem avançado nas conversas com Eduardo Maluf, empresário do jogador. Esse fator tem desagradado a diretoria do Goiás.

O vínculo de Michael com o Goiás vai até o fim de 2022, com multa rescisória de 10 milhões de euros (R$ 45,4 milhões). O clube tem direito a 80% desse valor, com a obrigação de repassar 5% ao Goianésia, que revelou o atacante. Quase 2 milhões de reais poderão ir para os cofres do Azulão. 

É um momento histórico para o Goianésia Esporte Clube, que poderá ter um inédito caixa com o recebimento da sua parte na negociação. 

0
0
0
s2sdefault
© 2020 Jornal Opinião - Todos os direitos reservados