Deputados goianos são alvo de denúncia por gastos com combustíveis

Deputados federais goianos Francisco Júnior e Professor Alcides. (foto: reprodução)Deputados federais goianos Francisco Júnior e Professor Alcides. (foto: reprodução)

Os deputados federais goianos Francisco Júnior (PSD) e Professor Alcides (PP) foram denunciados como ‘superabastecedores‘ de combustíveis pela Organização Não Governamental (ONG) Observatório Político Socioambiental (OPS). Informação foi veiculada na noite de domingo (18) no programa Fantástico, da Rede Globo.

Os voluntários do Observatório encontraram notas fiscais na prestação de contas de Francisco Jr com mais de 615 litros de combustível de uma única vez. O valor passa de R$ 2,2 mil. Já o Professor Alcides, que abastece em um mesmo posto de combustíveis de Goiânia, apresentou contas em 23 meses pediu e recebeu 17 reembolsos de exatos R$ 6 mil.

Respostas

Através de vídeo, Francisco Jr disse que foi surpreendido pela reportagem que “sugere” que ele teria comprado 615 litros de combustíveis de uma única vez. Ele atribui a um erro do posto de combustíveis, que reuniu todos os abastecimentos de 15 dias em uma única nota fiscal.

Já Professor Alcides, em nota, nega que tenha feito uso indevido de verba pública e afirma que doa o próprio salário para obras sociais. Além disso, aponta que os gastos são transparentes e os R$ 6 mil relatados em 17  mensalidades “não somam nem de perto o que é gasto por mês com combustível pelo deputado atendendo às suas bases”

Com informações do Mais Goiás.

0
0
0
s2sdefault

css custom

© 2021 Jornal Opinião - Todos os direitos reservados