Caiado vai decretar lockdown em Goiás por 14 dias

caiadodecretocaiadodecreto

O governador de Goiás Ronaldo Caiado (DEM) reuniu com os prefeitos goianos na manhã de hoje (29) e defendeu o lockdown por 14 dias no Estado, a partir dessa terça-feira, 30.

Um novo estudo Universidade Federal de Goiás (UFG) estima um colapso hospitalar em julho, com a necessidade de 2 mil leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e 18 mil mortes por Covid-19 até setembro.

“Cada prefeito e cada prefeita vai responder pelo caos nos seus municípios. Reflitam bem, analisem bem. Fornecerei as minhas polícias a todos os prefeitos que quiserem que haja cumprimento 14 por 14”, enfatizou Caiado.

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que os municípios têm poder para determinar regras de isolamento, quarentena e restrição de transporte e trânsito em rodovias em razão da epidemia do coronavírus.

Caiado ressaltou que não renunciará da sua postura. "Sou o único médico governador no País. Não vou transigir da minha postura. Eu obedeço o protocolo da UFG, que tem base científica. Onde o Estado puder deliberar, eu vou definir as regras", disse. 

0
0
0
s2sdefault
© 2020 Jornal Opinião - Todos os direitos reservados